Digite o que procura

Saiba como fazer o registro de cosméticos na Anvisa

Saiba como fazer o registro de cosméticos na Anvisa Saiba como fazer o registro de cosméticos na Anvisa

02/05/2019

RAGB tem a solução ideal para economizar tempo e dinheiro na hora de Registrar Cosméticos na Anvisa.  

O mercado de cosméticos no Brasil é promissor e tem crescido anualmente. Os cuidados com a beleza têm feito com que as indústrias trabalhem por novidades competitivas e preços acessíveis. Se o nicho feminino já era grande, o dos homens não está longe: de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, o mercado masculino tem crescido e ganha fôlego ano após ano.

Mas para que os cosméticos cheguem ao consumidor final, é necessário que as empresas responsáveis estejam de acordo com a legislação brasileira. Por isso, a RAGB, por meio de sua equipe altamente especializada e atenta às exigências regulatórias, traz abaixo os procedimentos necessários para o Registro de Cosméticos na Anvisa.

 

O que faz a Anvisa?

            A Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, é o órgão federal brasileiro ligado ao Ministério da Saúde, responsável pela regulamentação dos produtos ligados à saúde. Por isso, é a Anvisa que deverá ser procurada para registrar cosméticos no Brasil.

            E é neste ponto, do registro de cosméticos, que a RAGB entra. Com sua equipe multidisciplinar e com experiência comprovada, cuidamos de toda a parte burocrática de forma rápida e segura para que seu cosmético esteja nas principais lojas de todo o Brasil.

 Como será a avaliação da Anvisa para que meu cosmético seja registrado no Brasil?

            A Anvisa possui estudos técnicos que são aplicados a todos os produtos ligados à saúde e vida humana. Os cosméticos não fogem desta regra e são analisados criteriosamente para que seu registro possa ser realizado.

De acordo com os parâmetros da agência, os produtos podem ser escalonados levando-se em consideração o grau de risco, do mais brando ou menos invasivo, ao mais invasivo. Para esta classificação são dados os números de I a IV. Para a regularização dos cosméticos e seu posterior registro no Brasil, a Anvisa os classificam na escala I (menos invasivo).

Por serem escalonados no grau I, os cosméticos passam por um processo mais rápido, pois os testes realizados exigem menos procedimentos burocráticos. Mas mesmo assim é necessário reunir toda a documentação e despender de tempo e dinheiro.

A RAGB, especialista em Obter Registro de Cosméticos na Anvisa, tem a solução ideal para Registrar Cosméticos no Brasil

            Por conta de nossa experiência e respeito com nossos clientes, criamos o Hosting Service, um caminho regulatório que evita burocracias desnecessárias para economizar tempo e dinheiro. Nele, reunimos todos os procedimentos necessários para registrar cosméticos na Anvisa e, assim, agilizar a regulação.

            O Hosting Service é o resultado da avaliação e estudos de nossas equipes frente aos documentos que a Agência de Vigilância Sanitária exige para registrar cosméticos no Brasil.

Por quanto tempo é válido o Registro de Cosméticos no Brasil?

Os parâmetros estabelecidos pela Anvisa quanto à duração do Registro de Cosméticos no Brasil são de cinco anos, podendo ser renovado. Para a renovação do registro, se deve renuir e reenviar a documentação à agência seis meses antes do término do atual registro de cosméticos no Brasil.

Precisa de mais ajuda sobre Como Registrar Cosméticos na Anvisa? Então entre em contato com nossos especialistas, acessando a área “Contato” de nosso site ou preencha o formulário abaixo.